AGUARDENTE DE CERVEJA

Por tradição, aqui no Cervejas do Mundo só abordamos bebidas fermentadas, sejam elas a cerveja, a sidra ou o saké. Existem muitos e bons sites que se dedicam à divulgação de bebidas destiladas, pelo que sempre optámos por não pegar nesse assunto. Até à presente excepção, na minha óptica justificada. Isso porque vamos falar da Aguardente de Cerveja.

Matéria-prima de inúmeras bebidas alcoólicas, o cereal é transformado quer por brassagem, como no caso da cerveja e do saké, quer por destilação, como sucede com o whisky escocês, o whisky irlandês, a aquavit escandinava ou o schnaps alemão. Em 1989, no primeiro Salon Eurobière de Estrasburgo, apareceu pela primeira vez uma aguardente de cerveja, pioneira do seu género, por iniciativa do destilador Wolfberger de Colmar, na Alsácia. Baptizada «Fleur de Bière» e produzida a partir da Jubilator, uma cerveja alsaciana das fábricas Schutzenberger, nela se multiplicam maravilhosos aromas de cereal e especiarias. Outras se lhe seguiram: a «Esprit de Bière» de Gilbert Holl, em Ribeauvillé, na Alsácia, a Bierteufel da cervejeira bávara Maisel e ainda «Saveurs de Bière» de Wieser e Neuhauser des Quelles, nos Vosges. Esta última, verdadeiro armagnac da cerveja, distingue-se das outras pelo seu envelhecimento em cascos de carvalho. Existem outras variantes da «Fleur de Bière», nomeadamente a «Fleur de Houblon» de Mette, em Ribeauvillé, a Gambrinus Drôpp da destilaria Lux-Pépin do Luxemburgo e, por último, a «Esprit de Vapeur Cochonne» da fábrica de cerveja a vapor belga de Pipaix.

O rótulo reproduzido ao lado é de uma garrafa de «Esprit de Vapeur Cochonne», que é elaborada através da destilação de uma cerveja Vapeur Cochonne, o que resulta numa bebida com cerca de 70% de volume alcoólico. Posteriormente, esse néctar é diluído com o recurso à própria cerveja, atingindo um valor final de 40% ABV. Saliente-se o facto desta aguardente ser turva, fruto da cerveja não ser filtrada. Trata-se de um produto excepcional, com um preço também ele excepcional, que pode rondar os 200,00 €/litro.

Google