links favoritos

 

À BASE DE CERVEJA - PRAGOLD

Cerveja: Pragold

Cervejeira: Pivovarenniy Dom, Baku, Azerbaijão

Webpage: http://sapunoff.com/pivovarenniy-dom/ (não oficial) 

Quando recebi esta base fiquei na dúvida se seria originária do Azerbaijão ou seria de alguma obscura cervejeira checa, já que ostenta sem pudores o epíteto de "Czech Premium Beer". Uma pesquisa pela Internet veio a confirmar que afinal é mesmo produzida pela Pivovarenniy Dom, um brewpub situado em Baku. Esta incongruência deu o mote para este "À base de cerveja", as cervejas que parecem que são, mas afinal não são... 

Não precisamos de ir à Ásia Ocidental para encontrarmos um exemplo de confusão cervejeira. Basta irmos ao café da esquina e lá está um rótulo vermelho a dizer Super Bock. Entre nós desde 1927, não faço ideia se a Super Bock algum dia foi uma verdadeira Bock, ou seja, segundo aquilo que está definido para o estilo, uma cerveja cujo sabor é dominado pelo malte e cuja aparência poderá variar entre o cobre e o castanho. O que é certo é que a marca perdurou e hoje faz parte da nossa cultura cervejeira. 

Naturalmente que existem outros casos semelhantes: a Greene King IPA é na realidade um Bitter, as supostamente mexicanas Desperados e Salitos são produzidas, respectivamente, em França pela Fischer e na Alemanha pela Krombacher e grande parte das pils(e)ners que podemos encontrar nada têm em comum com aquilo que os checos ou os alemães idealizam no estilo. 

O caso mais interessante é a da Baadog, uma cerveja (bastante aceitável, por sinal) da "Mongólia". Na realidade trata-se de uma Vienna, cuja receita foi desenvolvida por um cervejeiro alemão que foi viver para a Mongólia e que graças a um empresário inglês é agora produzida pela Celtic Brew em County Meath na Irlanda. A isto chama-se multiculturalismo :-) 

No meio de isto tudo há duas lições a reter: 

- Independentemente do que diz a garrafa o que importa mesmo é o que está lá dentro. Não devemos coibir-nos de experimentar e avaliar por nós próprios o conteúdo, ainda que por vezes o rótulo seja enganador.  

- A origem das cervejas não é indicadora da qualidade das mesmas. Há belgas más e surpresas bastante agradáveis que podem vir de locais tão insuspeitos como o Sri Lanka, Estónia, Nigéria, Japão ou Brasil. 

Google