links favoritos

beer-coasters.eu

 

 

Sites Mais Úteis - Directório de Páginas Web em Portugal

 

 

 

 

CZECHBEERMAN - REPORTAGEM Nº 8

A produção cervejeira por terras Checas – A Cervejaria Richter

Amigos do Brasil e de Portugal, caros amantes da cerveja,

Já alguma vez estiveram em Praga na cervejaria U Bulovky? Não? E são daquelas pessoas que, de tempos em tempos, gostam de experimentar outros tipos de cerveja que não apenas Lagers? Então, este é o pub que vos recomendo. Vejamos pois todas as atracções que esta cervejaria tem para oferecer.

Bom... para começar, devem dirigir-se à Rua Bulovka, número 17, no 8º distrito de Praga. Sente-se ainda uma ténue atmosfera proletária neste subúrbio de Praga mas por certo que esta cervejaria não é um local onde os camaradas se juntem para beber umas boas cervejas ao fim do dia de trabalho. As características e os preços não convidam a isso. Mas a localização do pub até é agradável e devemo-nos sentir felizes por ainda existir algo semelhante a esta cervejaria. De facto, não podemos deixar as macro cervejarias sem alguma competição. Aliás, o conceito subjacente a grande parte das microcervejarias checas é o de servir cervejas diferenciadas e com características diversas do pub que fica ao fim da rua e chamado “Na Esquina Pequena” (apenas um exemplo!) que apenas serve cerveja sensaborona. Nas microcervejarias, os valores não se regem apenas pelo dinheiro. O aroma, sabor, ambiente e prazer geral de degustação de uma cerveja de qualidade sobrepõe-se a outros interesses. É a procura pela verdadeira cerveja, mesmo que isso nos custe um pouco mais de dinheiro. Mas mesmo eu, que não pertenço ao “creme da sociedade”, não me importo de pagar um pouco mais para desfrutar de uma aventura e de uma grande experiência degustativa. A ideia é idêntica à transmitida por alguns cavalheiros ingleses: “I am not so rich to buy cheap goods”. Exacto!

O restaurante e a cervejaria encontram-se logo ao início da Rua Bulovka, numa zona de alguma inclinação. Já agora, conhecem bem Praga? Muito, pouco? Deixem-me então explicar o melhor meio de se chegar àquela área. Desloquem-se até ao centro da cidade, mais propriamente à Praça Wenceslaw e aí apanhem o eléctrico nº 24. A partir daí, será apenas uma questão de irem ouvindo o nome das paragens ditas pelo sistema de altifalantes. Estejam atentos à paragem “Boa Cerveja”, ou melhor, “Bulovka Station”. Talvez a proximidade entre a cervejaria e o hospital Bulovka não seja mera coincidência. Esta pubhouse poderia perfeitamente servir como farmácia! E acreditem que muito dificilmente teriam um tratamento tão cuidado em outro lado qualquer. Um tratamento que, tenho a certeza, ajudaria a curar (ou pelo menos atenuar) grande parte dos problemas do dia-a-dia. Apenas como apontamento de interesse para os apreciadores de cerveja que também têm algum fascínio pelos factos históricos: a apenas alguns metros da cervejaria foi assassinado, em 1942, o chamado Protektor Reinhard Heydrich, um dos líderes da Schutzstaffel durante o regime nazi.

         

Está na altura de entrarmos. Passando a porta dupla, encontramo-nos num espaço de ambiente agradável, decorado com madeiras nobres e escuras, tudo muito aconchegante. Mesmo em frente temos o balcão do bar e do lado direito duas magníficas caldeiras de cobre. O restaurante está preparado para receber confortavelmente cerca de 80 pessoas (menos confortavelmente até 100). Trata-se de um negócio puramente familiar. A Senhora Richter pode ser encontrada com regularidade a trabalhar atrás do balcão, enquanto que o Senhor Richter Frantisek, o dono e mestre-cervejeiro, costuma estar no local onde é mais necessário em cada momento! Os mais de 20 anos que viveu na Alemanha reflectem-se profundamente nos nomes, estilos e sabores das suas cervejas. E imaginem que esta cervejaria já produziu cerca de 125 cervejas diferentes, cada uma com a sua receita! Contudo, as cervejas mais regulares resumem-se a 4: Richter Lager (cerveja leve e clara, com 12,3% de extracto e 5,0% de álcool); Richter Helles (Lager do tipo Munique, com 13% de extracto e 5,1% de álcool); Richter Export (Lager tipo Dortmund, com 13% de extracto e 5,2% de álcool); e a Richter Prazský Hefe-Weissbier (cerveja de fermentação alta com 12,8% de extracto e 4,9% de álcool). Se por acaso passarem pelo pub em Agosto, por certo poderão degustar a cerveja de cereja (12-13% de extracto), que é elaborada todos os anos na época deste delicioso fruto. O preço médio para a cerveja é de 28 CZK (1,10 €) por meio litro, mais ou menos... provavelmente mais (ahahah!). Será muito? Se considerarmos que por muito pouco menos dinheiro teremos direito a uma cerveja filtrada e sem qualquer alma, servida num restaurante anónimo e turístico, conclui-se que a relação preço/qualidade é excelente. Ao longo do ano, a lista de cervejas disponíveis é aumentada com as chamadas Specials. Tive a sorte de me ter deslocado à Cervejaria Richter no início de Janeiro de 2007, altura ideal para degustar a Special 16 (extracto), aromatizada com canela. Nada má, até porque gosto bastante de canela! Uma maravilhosa maneira de encerrar o meu período de férias e a época natalícia...

                          

A qualidade das cervejas desta pequena companhia pode ser verificada nos mais pequenos pormenores: deliciosa textura, agradável palato, espuma bonita e persistente, enfim, tudo muito bem balanceado e apresentado. É realmente um prazer poder apreciar-se o ambiente e as boas cervejas. Do lado da comida as ofertas também são interessantes. Recomendo o goulash caseiro, acompanhado por uns interessantes “carlbad’s dumplings” por apenas 95 CZK (cerca de 3,60 €). E se quisermos trazer algo como lembrança? Comprem uma garrafa de 1,5 litros da companhia e peçam para encher com a cerveja que mais gostaram. Têm também como possibilidade umas bases para copos extremamente originais. Por último, perguntem pelo gelado de cerveja, elaborado com malte, lúpulo, natas e açúcar. Existe todo o ano e diz-se que foi o primeiro gelado de cerveja checo. Que pena não me ter lembrado de o experimentar durante a minha visita...

           

A inauguração da cervejaria ocorreu na Primavera de 2004 e logo em 2005 foi eleita a microcervejaria do ano pela Sdruzeni Pratel Piva (Associação dos Amigos da Cerveja). Trata-se de uma associação de voluntários que se dedica à divulgação da cerveja (www.pratelepiva.cz). É uma espécie de cão de guarda da boa cerveja. Mas voltando à Cervejaria Richter, convido-os a visualizarem mais algums fotografias e a acompanharem-me num passeio pelos bastidores do pub. Por detrás das caldeiras encontramos umas portas que conduzem à adega de fermentação. Existem três recipientes de fermentação, num espaço pequeno, bem arrumado, com muita luminosidade e limpeza. A esta divisória segue-se outra onde se encontram os tanques de maturação. E mais uma vez, trata-se de um espaço onde impera a ordem e a limpeza. O Senhor Richter vai-nos acompanhando e contando a história da empresa, algo que já deve ter feito inúmeras vezes. Apesar de nos confidenciar que já está um pouco cansado desta tarefa de guia turístico... No piso superior da cervejaria existem três quartos que podem ser alugados. Dez empregados permanentes tomarão, por certo, conta de potenciais viajantes.

          

A Cervejaria Richter, também conhecida como Cervejaria junto ao Hospital Bulovka (Pivovar U Bulovka) é uma pequena empresa e, consequentemente, este artigo será mais pequeno do que o habitual. Mas, por vezes, menos significa mais! E o que fica então por dizer? A Richter é uma companhia bem gerida, com cervejas de qualidade que merecem ser experimentadas. Se estiverem em Praga não deixem de fazer uma visita, visto ser uma pequena viagem desde o centro da cidade. Não se esqueçam que Praga não é apenas o Relógio Astronómico, a Ponte Carlos e a Praça da Cidade Velha. Praga é, também, CERVEJA. Portanto, vamos divulgá-la e apreciá-la. Não bebam tudo o que anuncie cerveja checa pois nem todas são de qualidade. Não comprem cerveja em lata nos supermercados apenas porque são mais baratas. Tenham orgulho! Comportem-se como um verdadeiro checo o deve fazer, atribuindo o devido respeito à cerveja. Aprendam mais sobre a cerveja e todos os conceitos que a rodeiam. Acreditem que três cervejas bebidas na Cervejaria Richter valem muito mais do que vinte cervejas de uma qualquer cervejaria comercial. É a minha própria experiência que vos aconselha, fruto das várias visitas que fiz à Richter. Podem visitar o site da cervejaria em www.pivovarubulovky.cz (infelizmente apenas em checo). E não percam a minha próxima reportagem... EM BREVE!

Com os melhores cumprimentos,

Libor Vojáček, o CzechBeerMan, CzechBeerMan@seznam.cz

(Repórter cervejeiro e coleccionador, Teplice, República Checa)

http://album.inmail.cz/@my-album (cervejas que já degustei)

http://album.inmail.cz/@beer-articles (colecção de artigos cervejeiros)

Google