links favoritos

 

 

 

vamos falar com... A MICROCERVEJARIA NACIONAL FT

Estivemos recentemente à conversa com o Dudu Toledo, um dos mentores da Microcervejaria Nacional FT. Esta pequena companhia, localizada em São Paulo, foi criada em 2006 e desde então tem dado passos pequenos mas firmes por forma a cada vez produzir mais e melhor cerveja. Eis o pequeno questionário que colocámos ao Dudu, a quem aproveito desde já para agradecer a disponibilidade demonstrada.

CervejasDoMundo (CdM) - Conte-nos a história de como uma dupla de amigos se decide a fundar uma cervejaria.

Microcervejaria Nacional FT (MNFT) - Após o sócio Luís Fabiani morar 3 anos em Nova York e conhecer o enorme universo de bares, cervejarias, produções caseiras e variedade de tipos de cervejas, de volta ao Brasil decidiu se aventurar em pequenas produções dentro de seu apartamento. Como somos amigos de colégio, também me apaixonei pelo assunto e, principalmente, pelas cervejas diferenciadas. A importação de cervejas gringas facilitou meu contato com gostos e aromas que nunca havia sentido. Decidimos, então, montar um negócio além das 4 paredes do apartamento do Fabiani. Nasceu assim a Microcervejaria Nacional FT Ltda.

CdM - Escolheram S. Paulo para localizar a fábrica. Tem sido difícil entrar num mercado tão competitivo como é o de uma grande cidade?

MNFT - Não, quando um negócio é feito com "tesão", paixão e naturalidade, o sucesso chega naturalmente, aos poucos, sem pressa. Como os bares de São Paulo têm uma carência enorme de cervejas artesanais estamos entrando aos poucos em bares bem conceituados, com um feedback bem positivo.

CdM - Que estilos estão produzindo de momento?

MNFT - Uma Belgium Strong Ale para o Bar Santa Madalena, uma Ale para o Drakes e uma Pilsen para o I Vitelloni.

CdM - Há planos para elaborar cervejas de outros estilos?

MNFT - Sim, aos poucos, com o crescimento, pretendemos fazer outros estilos.

CdM - Actualmente vendem as vossas cervejas para locais como o Drake's Bar, o bar Santa Madalena ou a Pizzaria I Vitelloni. Têm planos para alargar a distribuição?

MNFT - Sim, lentamente.

CdM - O Governo tem criado leis para restringir o consumo de álcool nos estádios de futebol e nas rodovias. Apesar dos constantes avanços e recuos, a lei tem vindo a ser aplicada. O que você pensa dessas medidas?

MNFT - Concordo. A bebida alcóolica é para ser degustada com moderação.

CdM - No Brasil, tal como na maior parte do mundo, a cerveja tipo pilsen é a rainha. Como é que se muda a mentalidade das pessoas e se lhes dá a conhecer estilos diferentes?

MNFT - Popularizando outros estilos.

CdM - No último ano, a Schincariol adquiriu 5 empresas cervejeiras, entre as quais a Baden-Baden e a Eisenbahn. O que você acha dessa crescente concentração do mercado, iniciada com a criação da Ambev? Acredita que o mesmo poderá vir um dia a acontecer à Nacional FT?

MNFT - Só tenho receio que caia a qualidade dessas cervejas premium. Não sou a favor de qualquer tipo de monopólio. Estamos muito longe deste patamar.

CdM - Li que vocês importam grande parte das vossas matérias-primas, nomeadamente malte e lúpulo. Há falta de malte de qualidade de origem brasileira?

MNFT - É mais um problema de tamanho de mercado. A produção independente de maltes especiais é pequena. Quem sabe com o crescimento de cervejas diferentes da Pilsen tradicional a fabricação de maltes especiais no Brasil se torne viável...

CdM - A legislação brasileira trata do mesmo modo grandes cervejarias e micros. Não será isso uma forma de discriminação e um obstáculo à livre concorrência?

MNFT - A burocracia é um obstáculo enorme para o crescimento de uma microcervejaria.

CdM - Para uma microcervejaria como a vossa, que produz produtos diferenciados e de qualidade, qual a importância da imagem? Digo isto pois achei muito engraçado o rótulo da Lollita...

MNFT - A imagem é de extrema importância para qualquer empresa. É através dela que o consumidor identifica um determinado produto.

CdM - Existem 4 grandes escolas de cerveja a nível mundial - Alemanha, Bélgica, EUA e Inglaterra. Tem preferência por alguma?

MNFT - Todas são ótimas, mas as belgas são bem diferenciadas.

CdM - Tem um estilo de cerveja preferido? E marca?

MNFT - Não. Aprendi a degustar vários estilos. É difícil optar por um deles.

CdM - Planos e projectos para o futuro da Microcervejaria Nacional FT

MNFT - Continuar produzindo cervejas de qualidade e crescendo aos poucos, sem pressa, sempre com a paixão envolvida nas produções, na criação de rótulos, na comunicação, no relacionamento com os clientes, em todo o processo.

Podem visitar o site da Microcervejaria Nacional FT clicando aqui. Entre outras informações sobre a companhia, têm algumas imagens da fábrica e do sistema de produção das cervejas.

Google