notícias ESTRANHAS sobre cerveja - ARQUIVO

CERVEJA PARA CÃES

Seja nos noticiários ou nos jornais, há sempre uma catrefada de notícias estranhas envolvendo cerveja. Desde maridos que se separam de mulheres por esta não ter posto o 6-pack no frigorífico, ou até um homem que gostava de dormir com o seu barril de cerveja.

Assim, aqui fica uma notícia sobre cerveja para cães. Portanto, houve uma empresa, a Dog Star Brewing Company que decidiu que os donos não deveriam beber sozinhos, pelo que criou uma cerveja para ser consumida pelos cães! Esta cerveja é não alcoólica e sem gás, visto que estes bichinhos não toleram bem nem uma nem outra coisa. De facto, dar uma cerveja sem álcool a um pitbull e este apanhar uma bebedeira podia ser um grande problema....
A cerveja, para além de ter um sabor agradável para os cães, contem vitaminas e outros ingredientes importantes para o seu desenvolvimento.

O site é o
http://www.beerfordogs.com/


Aqui ficam mais algumas imagens hilariantes de cães a beber cerveja...

http://www.beerfordogs.com/Friends.html
http://www.beerfordogs.com/images/KodiAndMommy.jpg
http://www.beerfordogs.com/images/KodiLaughing.jpg


UMA RISADA DE CERVEJA

Dois engenheiros químicos israelitas lembraram-se de criar uma cerveja que contém gás hilariante. Apesar da aprovação inicial do Ministério da Saúde local, parece que as autoridades anti-drogas de Israel não foram tão condescendentes e limitaram a comercialização do produto. De facto, percebe-se tal posição já que o óxido nitroso é uma substância de uso restrito um pouco por todo o mundo. Todavia não deixamos de ter pena que tal produto não vá para a frente já que, por vezes, um pouco de boa disposição faz falta a qualquer pessoa!

http://www.jta.org/cgi-bin/iowa/breaking/101005.html


MEMBROS DO PARLAMENTO QUE PRODUZEM CERVEJA?

Alguém consegue imaginar deputados ou senadores que dedicam parte do seu tempo à produção de cerveja? Bom, talvez não no Brasil, em Portugal ou em Angola mas nos E.U.A existe mesmo um género de associação, com representantes tanto dos democratas como dos republicanos, que não só defende e divulga a arte da produção da cerveja artesanal como alguns dos membros são também homebrewers! Deste modo, resolveram criar uma página web para difundir a associação e dar a conhecer um pouco mais tão nobre actividade. Podem visitar a página em:

http://walden.house.gov/smallbrewers/pages/home.html

ou ler um artigo interessante (também em inglês) sobre o mesmo assunto em:

http://thehill.com/cover-stories/strange-brew-lawmakers-delight-in-bottling


A MAIOR RESSACA DE SEMPRE

Um homem de 37 anos entrou em um hospital em Glasgow, na Escócia, queixando-se de uma dor de cabeça que não passava e de estar vendo tudo rodando. Os sintomas já duravam quatro semanas, disse ele. Depois de exames e perguntas, os médicos, perplexos, deram o diagnóstico: era a maior ressaca da história da cerveja. A história aconteceu em outubro de 2006 e foi publicada pelo jornal britânico "The Lancet" na última sexta-feira.


"O paciente não tinha antecedentes de ferimentos na cabeça ou perda de consciência. Seu histórico médico era irrepreensível, e ele não estava tomando remédios", afirmou Zia Carrim e dois outros médicos do Southern General Hospital.

A temperatura e a pressão estavam normais. O exame neurológico deu negativo. Foi só quando um oftalmologista foi chamado é que as coisas começaram a ficar menos nebulosas. Segundo o oculista, o paciente estava com pequenas hemorragias e com os discos óticos dilatados. "Fomos atrás então de uma história mais detalhada do paciente", afirmou Zia. Ele acabou revelando que havia consumido 60 canecas de cerveja (cerca de 35 litros) durante quatro dias, depois de uma "crise doméstica".


Os médicos concluíram que a grave desidratação causada pelo álcool tinha provocado uma rara trombose cerebral (cuja sigla em inglês é CVST). O exame dos vasos sanguíneos do cérebro confirmou o diagnóstico. Demorou mais de 6 meses para que o tratamento de afinamento do sangue acabasse com as dores de cabeça e devolvesse a visão normal ao azarado cervejeiro.


OKTOBERFEST ACABA EM IDA AO HOSPITAL

Um alemão que se entusiasmou com a cerveja no festival Oktoberfest em Munique, no sul da Alemanha, acabou entalado em uma chaminé por 12 horas, informou a polícia nesta sexta-feira.

Depois de muitas canecas de cerveja na festa, ele conseguiu chegar ao apartamento de um amigo que o alojava, mas seu anfitrião não estava no local. O homem, de 27 anos, decidiu subir no telhado de um prédio vizinho por volta das 2h desta quinta-feira e acabou caindo no que ele acreditava que era um espaço entre as duas construções. Ele deslizou por quase 30 metros até ficar definitivamente entalado, segundo o porta-voz da polícia.

Um zelador de 82 anos do hotel que fica ao lado do prédio conseguiu ouvir os gritos por socorro do homem e o festeiro foi resgatado por volta das 14h. Os bombeiros tiveram de realizar um buraco na lateral da chaminé para resgatar o homem, segundo o porta-voz. "Por um milagre, ele teve apenas ferimentos leves na queda, arranhões e escoriações", disse o porta-voz. O homem foi levado de helicóptero para o hospital, onde está sendo tratado por hipotermia, afirmou o policial.


A CERVEJA DO PAPA

Junto com a muita publicidade à “cidade natal do Papa”, vieram também as oportunidades de negócios para os comerciantes locais. Uma antiga cervejaria da região, fundada em 1889, resolveu apostar forte na onda religiosa e lançar a “Papst Bier” (“cerveja do Papa”). Vendida em diversas embalagens, todas devidamente estampadas com a figura de Bento XVI, a cerveja do Papa custa o dobro das versões “pagãs”, vendidas em supermercados. Duas garrafas da cerveja produzida artesanalmente pela empresa Weideneder Bräu custam 3 euros (cerca de R$ 8), quantia equivalente à de seis garrafas de cervejas do país. A “cerveja do Papa”, porém, também vem em embalagem única, de dois litros, vendida a 16 euros - aproximadamente R$ 40. Feita a partir de trigo, dizem que é muito saborosa. Vejam mais sobre a cerveja em: http://www.weideneder.com.

 


CERVEJA PARA SEMPRE PARA QUEM ACHAR LAPTOP

Uma cervejaria na Nova Zelândia está oferecendo um suprimento vitalício de cerveja em troca da devolução de um computador laptop roubado. Segundo a mídia local, o computador foi roubado da Croucher Brewing Company na cidade de Rotorua, na Ilha Norte, em meados desta semana.

Os proprietários estão desesperados para recuperar o equipamento, que contém projectos, detalhes de contactos e informações financeiras. Eles ofereceram cerveja de graça para qualquer pessoa que dê pistas que levem à sua recuperação. O co-proprietário da companhia, Paul Croucher, ofereceu um suprimento de 12 garrafas por mês a quem identificar o ladrão do computador. A empresa tem cópias do material armazenado no laptop, mas elas não estão actualizadas, dizem jornais neozelandeses.


SEIOS E CERVEJA: ESTÃO A VER A LIGAÇÃO?

Uma garçonete australiana foi multada por esmagar latas de cerveja entre os seios nus em um bar de hotel. Uma colega sua foi multada por ajudar a pendurar colheres nos mamilos, segundo a polícia. A garçonete de 31 anos se declarou culpada de duas acusações de exposição dos seios para os clientes no Premier Hotel, na cidade de Pinjarra, ao sul de Perth. "A mulher é acusada de ter amassado latas de cerveja entre os seios nus durante uma das ofensas", diz o comunicado da polícia. A garçonete e o gerente do hotel foram multados ambos em cerca de R$ 1,6 mil. A outra garçonete, que estaria fora de serviço quando ajudou a pendurar colheres nos seios, foi multada em R$ 985.

"É uma mensagem clara para todos os comerciantes licenciados que não toleraremos este tipo de comportamento", disse o superintendente da polícia local, David Parkinson, segundo o site Metro.

Presumo que seja ao género disto:


URSO VIRA ATRACÇÂO POR BEBER CERVEJA

O urso Martinica, que vivia em condições impróprias no mosteiro ortodoxo de Cotmeana, na Romênia, e que virou atração turística por fumar e beber cerveja oferecida pelos visitantes, foi salvo por uma associação de direitos dos animais. A presidente da organização Milhões de Amigos, Cristina Lapis, disse ao jornal "Adevarul" que o urso foi mantido em cativeiro durante quatro anos pelos monges e que seu estado era "terrível". "O animal estava trancado em uma jaula de vários metros quadrados e quando chovia ficava na lama", ressaltou. A ativista afirma que Martinica foi ensinado a beber cerveja e a fumar pelos turistas que se divertiam desta forma, diante dos olhares indiferentes dos empregados da Igreja, que ficavam felizes porque o urso atraía visitantes.

Após uma tentativa inicial de libertar o animal que acabou fracassando devido à oposição dos monges, os membros da associação, com a ajuda da Guarda do Meio Ambiente de Arges, conseguiram levar Martinica. O animal agora se encontra na reserva Liberty de Zarnesti, na região do sul dos Cárpatos, com outros 29 ursos. Ele foi castrado, operação registrada pelo canal "Animal Planet". Cristina Lapis disse que o "pobre animal foi salvo", mas não se sabe se Martinica preferiria ser fumante e bêbado ou ser castrado.


RECORDE MUNDIAL

Reinhard Wurz! O nome não vos diz nada? Pois devia! Este homem quebrou o recorde mundial do transporte de canecas de um litro. Wurz teve de carregar 20 canecas durante 40 metros para quebrar a marca anterior que estava registada no Guinness Book e que era de 16 canecas. Após a incrível quebra do recorde, Wurz comemorou o feito esvaziando os 20 canecos, motivo pelo qual teve de ser auxiliado na hora de ir embora pois não conseguia dar nem dois passos sem tropeçar…


PEQUIM NEGA VEGETAIS REGADOS A CERVEJA

Os vegetais do menu olímpico não estão sendo regados com cerveja, leite e vinagre, afirmou o Bocog (comité organizador dos Jogos Olímpicos de 2008), que acusou o agricultor responsável por divulgar esta informação de tentar buscar publicidade para aumentar o preço de seus produtos. Segundo o jornal "Beijing News", actualmente não existem no mercado "vegetais olímpicos" - verduras assim chamadas estão sendo vendidas com preços de três a cinco vezes mais caro que o normal.

Segundo informação divulgada ontem pela imprensa local, uma horta do condado de Yangqing, em Pequim, teria tentado conseguir vegetais mais nutritivos, saborosos e com melhor aspecto usando cerveja, leite e vinagre como adubo, e mostrava uma foto de um agricultor realizando irrigação com leite. Gou Jinwang, administrador da horta que supostamente fornecerá vegetais para os Jogos Olímpicos, admitiu que a plantação ainda não pode ser considerada uma fornecedora oficial e negou a intenção de se aproveitar dos Jogos Olímpicos para promover seus produtos. Segundo Guo, em sua plantação são usados leite, cerveja e outros adubos desde 2005 e, apesar de não ter sido testado cientificamente, este sistema de fertilização deu até o momento muito bom resultado.

Esta não é a primeira vez que uma informação com estas características obriga a um desmentido rápido do Bocog, que teve que intervir no mês passado para negar que estivesse criando "porcos olímpicos" em fazendas secretas com uma dieta livre de hormonas para garantir a segurança alimentar dos atletas.


O "URSO-SOLDADO" QUE BEBIA CERVEJA

Uma campanha lançada na Escócia defende a construção de um memorial permanente em homenagem ao Urso Voytek, que lutou na Segunda Guerra Mundial. O animal foi adotado por tropas polonesas depois de ser encontrado vagando por montanhas do Irão, em 1943.

Voytek se tornou mais que um mascote depois que foi treinado para carregar munição pesada e oficialmente "alistado", recebendo nome, posto e número, e participando da batalha de Monte Cassino, na Itália. Os soldados que serviram com o urso dizem que ele era muito amigável.

"Ele era como um cachorro. Ninguém tinha medo dele", disse o veterano polonês Augustyn Karolewski. "Ele gostava de um cigarro, de uma garrafa de cerveja... Ele bebia uma garrafa de cerveja como qualquer homem."

Voytek passou seus últimos dias no zoológico de Edimburgo, onde foi uma das principais atrações até sua morte, em 1963. Karolewski chegou a visitá-lo na Escócia. "Assim que o chamei pelo nome, ele se sentou e balançou a cabeça, pedindo um cigarro. Não foi fácil, mas depois de várias tentativas ele conseguiu pegar um dos que eu joguei (na jaula)", disse o veterano.

Um professor britânico está agora escrevendo um livro sobre a vida do urso. Moradores de Edimburgo dizem que Voytek merece um memorial por sua importância na comunidade local e na história.


O ANEL MAIS ÚTIL DE SEMPRE

Com certeza que já vos aconteceu terem uma garrafa para abrir e não terem um tira-cápsulas à mão. Há várias técnicas para ultrapassar essa situação, desde utilizar um isqueiro, ou tentar abrir com os dentes, até à  situação mais extremista que consiste em decepar a garrafa.

Tais problemas foram ultrapassados agora que se inventou o anel/tira-cápsulas. Este magnífico objecto fica bem na mão de qualquer pessoa e ainda nos ajuda a ter um mais fácil acesso à preciosa bebida que se encontra dentro da garrafa. Agora a sério: quem é que tem tanto tempo para se lembrar destas coisas???!!!


MATTHEW QUER DAR NOME DE CERVEJA AO FILHO

Matthew McConaughey está pensando dar ao seu filho o nome da sua cerveja favorita, segundo o site Female First. Matthew inspirou-se no seu irmão, que deu o nome de Miller Lyte ao segundo filho, em homenagem a cerveja Mc Lyte.

O actor quer dar ao seu primeiro filho o nome de Bud, em homenagem à cerveja Budweiser. Mas primeiro ele terá que convencer a mãe da criança, a modelo brasileira Camila Alves, que já teria dito que não quer nem saber deste assunto.

Michael não é primeiro a querer colocar nomes diferentes em sua prole. Apple, que em português quer dizer maçã, é o nome da primeira filha da actriz Gwyneth Paltrow. Outro famoso por suas esquisitices, Michael Jackson, registou seus filhos como Prince Michael I e Prince Michael II. Que realeza!


VALE TUDO PARA PEDIR UMA INDEMNIZAÇÃO

Um romeno apresentou uma queixa formal ao Serviço de Proteção ao Consumidor da Roménia depois de ter ficado bêbado com uma única lata de cerveja. Ele exige uma indemnização.
 

Segundo o diário online Ananova, Iancu Boroi, 35 anos, disse que comprou a bebida num supermercado da cidade de Arges. De acordo com Boroi, ele ficou tão bêbado depois de beber um pouco da cerveja que quase desmaiou. "É ridículo pensar que uma lata de cerveja tenha-me deixado tão embriagado. Deve ter ocorrido algo de errado com ela e eu estou exigindo uma indemnização", disse.


E QUE TAL UM CAIXÃO EM FORMA DE LATA DE CERVEJA?

Um senhor de 67 anos está disposto a provar seu amor eterno pela cerveja de uma maneira pouco usual. Bill Bramanti, de Chicago Heights (Illinois, EUA), mandou construir um caixão no formato da sua marca de cerveja preferida, incluindo o rótulo e as cores azul e vermelha. Ele diz que já experimentou o caixão, e que cabe direitinho lá dentro, mas que não pretende morrer tão cedo.

 

 

No sábado (3 de Maio), Bill deu uma festa para os amigos e encheu o caixão de gelo e latas de cerveja.  O projecto do caixão e o design de lata de cerveja foram encomendados por Bill a profissionais de Chicago Heights. O resultado final agradou inclusive à sua filha, Cathy Bramanti, de 42 anos, que elogiou a ideia do pai.


CERVEJA PROTEGIDA COM CINTO DE SEGURANÇA

Uma brigada de trânsito australiana não queria acreditar no que via quando, ao mandar parar um veículo, constatou que no banco do passageiro da frente «viajava» uma grade de cerveja devidamente acondicionada pelo cinto de segurança e, no chão da parte traseira do veículo… uma criança.

«Nunca tinha visto nada assim» - afirmou Wayne Burnett, o agente que mandou parar o automóvel numa auto-estrada de Alice Springs, acrescentando que o condutor não parecia muito ciente da gravidade da infracção.


MAIS UMA CERVEJA PARA CÃES

Foi a pensar nos seus dois cachorros, Louis e Vuitton, que a australiana Elise Schumacher, dona de um petshop em Potts Point, bairro nobre de Sydney, desenvolveu e lançou uma cerveja especial para cães. Elise, cuja loja vende, entre outros produtos, biscoitinhos da sorte chineses com sabor de fígado, produziu a DB, Dog Beer, rigorosamente não alcoólica. A bebida tem o mesmo cheiro da cerveja "humana", mas com sabor a carne.

Segundo a agência Ansa, a bebida, que é vendida no seu petshop e em diversos outros locais "amigos dos cães", tem o slogan: "Ofereça uma cerveja ao seu melhor amigo".

"A cerveja normal faz mal aos cães, não apenas pelo conteúdo alcoólico, mas porque o lúpulo pode causar ataques epiléticos e o gás carbónico pode ser letal", adverte Elise. "A DB é muito popular entre os clientes masculinos, que levam algumas garrafas de cerveja normal para si e uma especial para o cão. E a melhor parte é que o cliente canino não deve ter mais de 18 anos para bebê-la legalmente", conclui Elise.


JOGADORES RECEBEM PRÉMIO EM CERVEJA

A cervejaria Cruzcampo, patrocinadora da selecção espanhola, ofereceu um prémio inusitado aos atletas em caso de vitória sobre a Itália nos quartas-de-final do Campeonato da Europa. A reportagem do jornal espanhol “Marca” afirma que a cervejaria pretende presentear os jogadores e técnicos da selecção com o seu próprio peso em cerveja.

Caso a Fúria consiga eliminar a Itália, os jogadores e a equipa técnica receberiam cerca de 5,2 mil garrafas “long neck”, com peso equivalente a 1,732 mil quilos. De acordo com o “Marca”, o guarda-redes Reina seria o maior beneficiado pela promoção, já que é o atleta mais pesado do elenco espanhol. Caso leve sua equipa às semifinais pela primeira vez em 24 anos, ganhará 85 litros de cerveja – mais ou menos 275 garrafas.

A FORMA MAIS RÁPIDA DE COMPRAR CERVEJA

Uma mulher de 74 anos invadiu com o seu Cadillac ano 1988 uma loja de conveniência em Greenacres (Flórida, EUA), quebrando dois grandes vidros da fachada. Depois de “estacionar” o veículo, ela ainda tentou comprar uma caixa com seis cervejas, segundo a polícia. Lynne Rice fez essa entrada triunfal na loja Joe's Food Mart and Video no Domingo (29). Segundo testemunhas, metade do veículo entrou na loja, mas ninguém ficou ferido. Quando saiu do Cadillac, Lynne foi até a geladeira e pegou seis Budweiser.

“Não sei como ela conseguiu andar”, disse o dono do estabelecimento, identificado apenas como Awada. O funcionário que estava no caixa se recusou a vender a bebida e ainda chamou a polícia. A idosa foi então levada para o hospital e, depois, detida. Lynne teve de pagar fiança de US$ 15 mil (cerca de R$ 29,3 mil) para ser libetada. O prejuízo para o dono da loja foi de cerca de US$ 8 mil (R$ 12,7 mil), dos vidros da fachada.


 

Robô-Barman

Um robô que serve chope e abre garrafas de cerveja teve seu primeiro dia de trabalho em Londres nesta semana. Ele se tornou o centro das atenções em uma loja de departamentos no centro da capital britânica, enquanto promovia a cerveja japonesa Asahi.

O porta-voz da Asahi Simon Brewer diz que os robôs têm várias vantagens sobre os humanos: eles não têm desordens de comportamento, são rápidos no serviço e não precisam parar para comer ou ir ao banheiro. Mas o funcionário metálico não sai barato para os empregadores. O robô barman custa mais de R$ 300 mil.

Os primeiros clientes ficaram bem impressionados. Alguns elogiaram o serviço rápido e eficiente do robô, enquanto outros acharam a idéia divertida e inusitada. Mesmo com tantos elogios, há quem pense que o robô barman está com os dias contados no emprego. Uma garçonete que trabalhava distribuindo a cerveja japonesa no local disse que, ao contrário do robô sorridente, ela pode se comunicar, responder perguntas e resolver problemas que o cliente tenha.


PEDIDO DE SOCORRO POR CAUSA DE CERVEJA

Brian Poulin, um morador da cidade de Hebron com 35 anos, foi preso no Domingo passado por ter ligado por diversas vezes para o número de emergência (911), pedindo que lhe trouxessem cerveja.

Poulin foi acusado de conduta desordeira após ter ligado inúmeras vezes para o 911, dizendo que tinha ficado sem cerveja e que necessitava urgentemente que alguém lhe comprasse um six-pack!


AUSTRALIANO GASTAVA MAIS de 600€ POR SEMANA

Mais de 970 dólares, 610 euros, é quanto um australiano confessou que estava a gastar por semana em cerveja, antes de ser preso por conduzir bêbado pela sétima vez, noticia a Reuters.

O tribunal do norte da Austrália decidiu não o condenar à prisão, mas proibiu-o de tocar numa cerveja nos próximos 12 meses. O juíz chegou mesmo a brincar com o acusado, à marca de cerveja que costuma beber, Melbourne Bitter. «Isso é um erro a dobrar: beber demasiado e beber Melbourne Bitter», disse o Juíz. Naquela região remota e tropical da Austrália, os homens são mais leais à sua marca de cerveja que a um só clube de futebol.


CERVEJA VIRA ÁGUA

O comerciante Ivoni Lucci, 66 anos, levou um susto ao ir tomar uma cerveja no bar de um colega. No lugar da 'loura gelada', havia uma água turva que nem de longe se passava por cerveja. No bar que fica na região do Bonfim, em Campinas, isso está virando rotina e muitos clientes estão sendo surpreendidos com o líquido.


De acordo com o proprietário do bar, Pedro José da Rocha Sobrinho, a distribuidora entregou oito engradados da marca Brahma. No total, pelo menos 20 garrafas já teriam apresentado o problema. Algumas das garrafas com o líquido estouraram no freezer antes mesmo de serem abertas. “A cerveja não estoura. Isso aqui é água, e quando a gente coloca para gelar a garrafa não agüenta a pressão”, contou Sobrinho ao exibir vários pedaços de vasilhames quebrados. Para Sobrinho, o prejuízo já passou da casa de R$ 200.


MAMÍFERO CONSOME "CERVEJA" PARA SOBREVIVER

Diante dos rigores da chamada lei seca no Brasil, muita gente provavelmente gostaria de estar na pele do musaranho-arborícola Ptilocercus lowii, um mamífero da Malásia de apenas 50 g cuja dieta consiste principalmente em "cerveja" -- para ser mais exato, um líquido fermentado de teor alcoólico que pode chegar a 4%, mais ou menos o que se vê na bebida humana. Pior: em uma a cada três noites, o bichinho bebe tanto que, pelos padrões humanos, deveria estar caindo de bêbado. O caso é único na natureza - não há outros registos de consumo regular de álcool em animais que não o homem.

O estranho caso do musaranho-arborícola etílico está relato na edição desta semana da revista científica americana "PNAS", uma das mais importantes do mundo. A equipe liderada pelo alemão Frank Wiens, da Universidade de Bayreuth, monitorou o bichinho, bem como outros mamíferos que visitam a palmeira Eugeissona tristis. A planta é responsável por produzir a "cerveja" em questão, um néctar abundante e disponível durante o ano inteiro.

Leia o resto da notícia no site G1.Globo.com


PUB TROCA CERVEJA POR ALIMENTOS FRESCOS

O pub The Pigs incentiva os clientes a contribuírem com alimentos frescos para o cardápio do local em troca de bebida gratuita. “Se você planta, cria, caça ou rouba qualquer coisa que possa ser usada em nosso menu, traga e vamos fazer negócio”, diz uma placa dentro do pub. A gerente do estabelecimento, Cloe Wasey, que administra o pub ao lado do chef, Tim Abbott, conta que os clientes já “pagaram” suas cervejas com batatas, peixes frescos, frutas e outras verduras e legumes.

Wasey ressalta ainda que o sucesso repentino do esquema se deve à crise de crédito que atingiu a economia britânica. “Estamos fazendo esse esquema há dois anos, mas o sucesso veio com a chegada da crise do crédito. As pessoas precisam encontrar novas formas de se divertir e isso ajuda”, afirmou. Segundo ela, o escambo favorece não apenas o cliente, mas também o próprio bar, que recebe os produtos frescos por um bom preço. Os clientes também se dizem satisfeitos com os benefícios do esquema. O motorista Derek Feast, de 64 anos, freqüenta o pub regularmente e conta que já trocou ovos das galinhas caipiras que cria em casa por uma cerveja. “Ganho o salário mínimo com o meu trabalho, então essa pequena economia já me ajuda”, disse.


ALEMÃO TROCAVA A MULHER POR CAIXAS DE CERVEJA

Foi condenado, ontem, pela Justiça da província  de Fulda, a três anos de prisão, um homem, 39 anos, que alugou os serviços sexuais de sua esposa, 32 anos, para um vizinho, 60 anos, em troca de uma caixa diária de cerveja. Já o vizinho acabou sentenciado a dois anos pelo crime de abusos sexuais, segundo uma fonte policial, ao acrescentar que o marido também terá de se submeter a um tratamento para superar sua dependência do álcool.

Ainda segundo aquela fonte, a acusação foi possível porque o homem chegou a assinar um acordo com seu vizinho. A mulher, que tinha três filhos com ele, alegou ter aceito essas relações por medo de sofrer maus- tratos. “Ele chegou a me ameaçar caso não aceitasse o acordo”.


O ENGRADADO DE CERVEJA FLUTUANTE

Nem sempre é fácil ter a cerveja geladinha ali mesmo ao lado da piscina ou quando está tomando banho na praia com os amigos. Que aborrecido ter de sair da água para pegar sua cervejinha, né?! Pois esse problema está resolvido com o engradado flutuante. Como por vezes as imagens valem mais do que mil palavras, eis umas fotos da dita invenção:

Caso sejam fluentes em alemão, podem ler mais sobre este produto em:

http://pool22.de/getraenkekasten--schwimmreif.81.0.html


O BAR COM O MAIOR NÚMERO DE CERVEJAS DO MUNDO

Em 2002, Dave Alexander, do bar Brickskeller em Washington DC (EUA), recebeu um certificado do Guinness Book of World Records por ter o maior número de opções de cervejas à venda: 1.072 cervejas diferentes.


A CERVEJA QUE VEIO DO ESPAÇO

A cervejaria japonesa Sapporo produziu a primeira cerveja a partir de cevada descendente de plantas germinadas no espaço.

A cevada usada nas cervejas vem da segunda geração que descende de plantas cultivadas na Estação Espacial Internacional em 2006, a partir de sementes fornecidas pela própria Sapporo.

As sementes passaram cinco meses no espaço, antes de serem cultivadas dentro da EEI, para testar os efeitos da radiação sobre elas. As plantas cresceram e depois foram enviadas de volta à Terra.

Foram produzidos 100 litros da cerveja espacial, com graduação alcóolica de 5,5%. A maior parte da bebida será usada em experiências, mas 30 casais serão selecionados através de um sorteio, para degustar a Cevada Espacial em um evento em seis fábricas da Sapporo, no mês que vem.


A RESISTÊNCIA DE UMA GARRAFA DE CERVEJA

Uma mensagem em uma garrafa lançada ao mar em Barnegat Bay (Nova Jersey, EUA) foi encontrada na Carolina do Norte, 39 anos depois. 

A carta, que estava dentro de uma garrafa de cerveja, traz a data de 17 de agosto de 1969. "Se encontrar isto, avise a North Haledon Fire Co. 2", diz a mensagem, pedindo que o "destinatário" comunique o achado à equipe de bombeiros citada. A carta cita ainda o endereço do corpo de bombeiros. 

Mark Ciarmello e sua filha de 3 anos de idade encontraram a garrafa em uma praia em Corolla (Carolina do Norte), a cerca de 640 km de distância de onde ela teria sido lançada. Ele conta que ligou para os bombeiros de seu celular e até enviou fotos da garrafa a eles.

Ninguém sabe quem lançou a garrafa, mas os bombeiros desconfiam que isso tenha acontecido durante as viagens de pescaria que eles costumavam fazer, anos atrás.  


E SE A SUA TELEVISÃO TAMBÉM TIRASSE CERVEJAS?

É uma televisão e máquina de cerveja de pressão. E não é a brincar: o aparelho criado pela empresa dinamarquesa MicroMatic promete o melhor de dois mundos enquanto descansa calmamente no sofá.

O v-Pod Beer Dispenser é feito em aço inoxidável, vem com uma tela LCD de dez polegadas e com torneirinhas para tirar uma cerveja sem perder um segundo daquele jogo memorável.

O televisor pode ainda reproduzir arquivos MP3, MPEG-1, MPEG-2 e MPEG-4 a partir de cartões de memória e há ainda vários modelos com mais ou menos torneiras, cores diferentes e outras valências técnicas.

O equipamento ainda não está à venda em Portugal, mas como online tudo é possível basta um saltinho ao site da empresa para comprar o modelo aqui.


HOMEM COME COBRAS VIVAS COM CERVEJA

Um chinês diz ficar relaxado ao comer cobras vivas lavando-as com cerveja. Wen Xide, 41, vila de Wangzhuang, Zhumadian, diz ter o hábito de comer cobras vivas há 10 anos. Ele começou esse hábito nada convencional para ganhar uma aposta com amigos em troca de um maço de cigarros. A partir de então fiquei viciado em comer cobras vivas", disse ele. Hoje Wen come duas cobras vivas vagarosamente junto com uma garrafa de cerveja. "É um pouco malcheiroso, mas eles são muito saborosos", exclamou ele.

Leia o resto da notícia em:

http://www.24horasnews.com.br/index.php?mat=27707


ÁGUA NA CERVEJA SURPREENDE BAR EM BH

Nos últimos dois dias, o dono de um bar de Belo Horizonte viveu um pesadelo: a cerveja que servia nas mesas tinha se transformado em água. Ele abriu dezenas de garrafas de cerveja gelada compradas diretamente do fabricante e o que saía delas era água pura, ora transparente, ora suja e até com guimba de cigarro. “De cada oito Brahmas abertas, sete só tinham água”, conta, indignado o pequeno empresário José Márcio Ferreira, dono do Barbazul. “Estou no mercado desde 1986 e nunca vi nada igual”, reforça. Ele começou a observar o problema na manhã de segunda-feira. Mas até terça-feira a noite já tinha contabilizado mais de 50 garrafas de cerveja com água. “Acredito que chegam a umas 100, todas da Brahma”, afirma, calculando que o prejuízo, em apenas 48 horas, pode ultrapassar R$ 400, se levar em consideração o preço de venda.

Leia mais sobre o assunto aqui.


LAGO DE GELO FEITO DE CERVEJA

Um cruzamento central na cidade alemã de Kassel transformou-se num lago gelado de cerveja após um acidente com um camião carregado de garrafas. Cerca de 1600 garrafas foram esmagadas despejando cerveja para o pavimento, que rapidamente se transformou em gelo.

Segundo a Reuters, que cita o chefe da polícia de Kassel, o camião, carregando 12 toneladas de cerveja, perdeu a carga após uma curva apertada. «As temperaturas de 4 graus negativas levaram à formação de um lençol de gelo e o ar encheu-se de vapor feito de cerveja», explicou o agente da autoridade.

Foi preciso mais de uma hora para limpar este cruzamento e o camionista está agora sujeito a uma multa por não ter acomodado devidamente a carga.


BaR2-D2, UM VERDADEIRO ROBÔ_BAR

O BaR2D2 é um robô-bar controlado por rádio, com um “elevador de cerveja motorizado, uma gaveta de gelo motorizada, e um dispenser para 6 garrafas”. Ele também “tem som e é iluminado com neon”, porque o efeito do álcool não é completo sem os efeitos psicotrópicos das luzes. Veja o vídeo:


BODE BEBE CERVEJA E ANDA DE CARRO EM PETROLINA

A agricultora Jucélia Regina Rodrigues da Silva, 45 anos, tem um animal de estimação diferente. Trata-se do bode Bito. O animal virou celebridade em Petrolina (PE) por causa de suas excentricidades. Prestes a comemorar dois anos de vida, ele come chocolate, bebe cerveja escondido e ainda gosta de passear de carro pela cidade.

Leia o resto da notícia aqui.


IPHONE ATÉ SERVE CERVEJA

Se o objectivo da Apple era que o iPhone servisse para tudo, então está a consegui-lo com a ajuda dos utilizadores. Um inventor norte-americano modificou o iPhone, conseguindo que o aparelho sirva cerveja.

A engenhoca tem por base o acelerómetro, um componente do iPhone que reconhece os movimentos feitos pelo utilizador, tornando-se numa espécie de controlo remoto, usado para manipular um mecanismo que incorpora uma garrafa (de cerveja, no caso ilustrado, mas que pode conter qualquer outro liquido, obviamente). Ao girar o iPhone, acciona a planaforma, que inclina a garrafa sem entornar o liquido... bem, esta última parte já depende do treino do utilizador. No seu site, o inventor explica o projecto passo a passo e mostra, em vídeo, o aparelho a funcionar.


ZETA-JONES LAVA O CABELO COM CERVEJA

Catherine Zeta- Jones, que foi eleita a celebridade com o cabelo mais bonito de 2008 em uma pesquisa realizada por um jornal britânico, decidiu revelar o seu segredo de beleza para cuidar dos fios. A estrela de 39 anos contou ao Daily Mail que lava as madeixas com cerveja pelo menos uma vez por semana. “Hidrato meus cabelos com cerveja. Eu sei que fico com cheiro de bar por dias e dias, mas é muito bom para a saúde dos fios, ficam sedosos. Também passo mel após lavar, é muito bom”, contou.


JAPÃO LANÇA CERVEJA DE PEIXE

Uma micro cervejaria japonesa começa a ficar famosa em todo o país com um produto, no mínimo, inusitado: é a cerveja com gosto de peixe. Foi a maneira que a cervejaria Tosa Kuroshio Bakshu encontrou de comemorar dez anos de existência com um produto diferenciado.

Fabricada na cidade de Konan, na ilha de Shikoku, a cerveja Tosa Kuroshio Karyudo é uma bebida a base de malte, com farinha de arroz e trigo. Até aí, nada sensacional. O que faz a cerveja um produto único é que ela contém dashi, um ingrediente que é feito de alga e peixe seco (geralmente, bonito). É esse ingrediente dá às sopas japonesas o seu sabor característico, incluindo a tradicional sopa de missô (misso shiru).

A cervejaria vende embalagem com seis garrafas para presente contendo duas garrafas da cerveja de peixe Tosa Kuroshio Karyudo e quatro garrafas de outras cervejas da empresa. Tudo ao custo de US$ 30.


ESTÁDIO DE LATINHAS DE CERVEJA

Para promover a final da Liga dos Campeões, entre Manchester United e Barcelona, no próximo dia 27, no estádio Olímpico de Roma, uma marca de cerveja criou uma maquete inusitada em Bangkok, capital da Tailândia. A réplica do Coliseu de Roma, com um campo de futebol em seu interior, foi feita com 230 mil latinhas de cerveja.


PIRÂMIDE DE CERVEJA PROMOVE FEIRA NO JAPÃO

Promotoras de cervejarias japonesas mostram “pirâmide” de 2 metros de altura, feita com mil copos cheios de cerveja. A “obra” foi feita para promover a Drink Expo, feira de bebidas que acontece em Tóquio, no Japão. Cerca de 120 fabricantes de bebidas vão apresentar mais de 1 mil marcas de bebidas alcoólicas na exposição.


BARULHO DA CERVEJA MOTIVA

Um site japonês está comercializando um chaveiro que pode ajudar a estimular sua equipe quando o trabalho avança umas horinhas a mais do happy hour.

A invenção é chamada de “lata de cerveja infinita”, no entanto não contém o líquido, mas simula aquele barulho característico da embalagem abrindo quantas vezes o “lacre” for acionado. Ainda que não mate a sede, o som emitido pelo objeto é comumente associado a momentos de lazer. Disponível também na versão soda, para aqueles que não ingerem álcool, o chaveiro custa US$ 23 dólares.


SACOLÉ DE CERVEJA

Vai dizer que você nunca fez sacolé quando era pequeno? Misturando “Tang” com água e colocando naqueles saquinhos??? Brincadeiras à parte, acho que a empresa americana Beverage Pouch se inspirou nessa brincadeira de criança para criar uma embalagem de cerveja totalmente inusitada. Se é uma boa ideia eu não sei, mas que esta embalagem de bolso é diferente, isso ninguém duvida…


CERVEJA COMBINA COM TÁXI

Os chineses estão descobrindo o Marketing de Guerrilha. Olha só o exemplo da ZhuJiang Beer. Para anunciar a cerveja ZhuJiang, a  Ogilvy & Mather de Guangzhou, colou na janela do passageiro de alguns táxis  a imagem da cerveja e a palavra “Open” incentivando o passageiro a abrir a janela, despertando (para alguns) a vontade de beber uma cerveja gelada. Um bom exemplo de captura de atenção, criando  interação do usuário através de meios não convencionais. Simples!


A MODA PEGOU: MAIS UMA CERVEJA PARA CÃES

Uma pequena empresa na Holanda lançou uma cerveja para cachorros. A Kwispelbier, divulgada como “uma cerveja para o seu melhor amigo”, é feita de um extrato especial de carne e malte. A bebida foi criada pela dona de loja de animais Gerrie Berendsen, que queria que seu animal de estimação pudesse compartilhar de um refresco no final de uma atividade conjunta. A cerveja é não-alcoólica e é apta para o consumo humano. Mas ela custa quatro vezes mais do que uma Heineken. “Kwispel” é holandês para “abanar o rabo”.

Berendsen, que vive em Zelhem, no leste do país, encomendou a cerveja em uma pequena cervejaria local chamada Schelde. “Uma vez por ano vamos à Áustria caçar com nossos cães, e, no final do dia ficamos na varanda bebendo cerveja. Achamos que o nosso cachorro também merecia uma”, disse Berendsen à agência de notícias Associated Press.

Google