links favoritos

 

vamos falar com... a opa bier

Na rubrica "Vamos falar com..." iremos tentar dar a palavra a pessoas que desenvolvem a sua actividade na área cervejeira, seja como produtores, mestres-cervejeiros, coleccionadores ou apenas consumidores. Tenho, por isso, o grato prazer de iniciar esta rubrica com uma pequena entrevista que fizemos a Luiz Alexandre de Oliveira, da OPA Bier, uma micro-cervejaria de Joinville - SC, que produz um chopp excelente e que respeita a Lei Alemã da Pureza.

CervejasDoMundo (CdM) - Como surgiu o projecto da cervejaria OPA e da OPA Bier?

OPA Bier (OB) - Joinville sempre foi famosa em produzir cerveja e com o fechamento da Antarctica, sobrou uma brecha muito grande, e o chopp artesanal esta em alta.

CdM - Foi difícil começar o negócio?

OB - Sim, até achar um local com ótima água demorou, e tudo é dificil no início desde a maquinaria, até à mão de obra, fornecedores, etc.

CdM -  A pergunta da praxe: porquê o nome OPA?

OB - Opa é avô em alemão, e todos gostam e respeitam os avós. Também é um cumprimento (Opa, tudo bem) e é facil de se pronunciar.

CdM - Para além dos já famosos rollmops, o que mais se pode apreciar na cervejaria?

OB - Temos vários petiscos grelhados e fritos: salsichas, linguiças, leberkäser, frios, etc.

CdM - É possível visitar a fábrica onde se produz o chopp?

OB - Depende, não é aberta a todos.

CdM - Existem planos para produzir outro estilo de cerveja que não o Pilsen?

OB - Já temos o Weizen e o Porter.

CdM - Prevêm vir a distribuir a OPA Bier fora de Santa Catarina?

OB - Sim, até para a primeira estação espacial se permitirem.

CdM - Como vê o desenvolvimento e crescente interesse das pessoas pelos produtos das micro-cervejarias?

OB - São produtos regionalizados e personalizados. Cada uma com um sabor único.

CdM - Quer comentar a concentração no mercado das cervejas, situação que começou há alguns anos atrás, com a formação da Ambev, e que chega agora às pequenas cervejarias, com a compra da Baden-Baden pela Schincariol?

OB - A tendência é as grandes se unirem para não brigarem entre si e quebrarem, só que não conseguem ter um produto diferenciado.

CdM - Quais os planos de desenvolvimento da OPA no futuro próximo?

OB - Sempre aprimorar e detectar tendências.

Um grande obrigado ao Luiz pela sua simpatia e pela disponibilidade que demonstrou desde o início em responder ao CdM. Para saberem mais sobre a OPA, podem ir ao site da cervejaria clicando aqui.

Google